Seja bem-vindo, 2018!

Tenho certeza que 2017 foi um ano cheio de realizações para todos! Não estou falando de ter cumprido ou não as metas, até por que vocês viram no meu vídeo de metas para 2018 que eu mesma não cumpri várias das que eu tinha escrito. E não, isso não é ruim. As coisas mudam, nossos objetivos mudam, nós mudamos também. Uma das minhas metas para 2017 era me dedicar muito ao curso de Licenciatura em Dança, que até então estava em segundo plano, pegar várias disciplinas, estudar muito. O resultado disso? Mudei de curso! E eu estou muito feliz com essa decisão. Se você sentar para analisar as metas que você não realizou, vai se deparar com situações parecidas. Talvez você não tenha ido na academia 3x por semana, mas descobriu que gosta muito mais de jogar tênis, e isso é ótimo! Ou você acabou não fazendo aquele curso de aperfeiçoamento, mas acabou tendo muito mais tempo para ficar com a sua família.

Claro que tudo tem um preço, e esse é um bom momento para você parar e analisar onde você está, o que você conquistou, e aonde você quer chegar. Talvez o fato de você não ter feito aquele curso, te custou uma promoção no seu emprego, mas foi uma escolha sua. É impossível fazer tudo aquilo que queremos ao mesmo tempo, para isso é preciso definir suas prioridades. Eu acho que ter esse momento de reflexão apenas no final do ano não é o suficiente. Sempre temos que estar pensando nas nossas ações e aonde elas nos levarão. O primeiro passo é pensar o que você deseja alcançar, quais são os seus sonhos? Adquirir a casa própria, viajar, fazer uma faculdade, ou todas as opções anteriores? Agora é a hora de ver o que você deseja fazer primeiro e focar nesse objetivo. O que você precisa fazer para realizá-lo? Mudar de emprego, conseguir um aumento, juntar dinheiro? Não tenha medo de perseguir o seu sonho, afinal, o não você já tem, agora corra atrás do sim. Cuidado com as distrações no caminho, e principalmente, cuidado com a zona de conforto, ela pode ser muito perigosa.

Não é fácil, eu sei, mas também não é tão difícil quanto parece. É importante que você tire vários momentos durante o ano para pensar se você está fazendo o que é preciso para cumprir suas metas, e também revê-las e questionar se você ainda quer aquilo para si. Assim como aconteceu comigo, você pode ter mudado de ideia, e não tenha medo de mudar! Temos que correr atrás daquilo que faz sentido para nós, e no momento que aquilo perder o sentido, não tem por que continuar, não é mesmo?

Espero que 2018 venha acompanhado de muitas risadas, amor, bons momentos, paz e determinação para alcançarmos aquilo que almejamos! Tente, se não der, tente de um jeito diferente, mas nunca desista!

Escrito por

Estudante de Dança na UFRGS, 20 anos, bailarina clássica, geminiana. Gosto de ler, viajar, cozinhar (e comer), mas principalmente de FALAR sobre tudo isso e muito mais!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s