Série The Handmaid’s Tale: Apenas veja.

Oi!

Hoje eu vim dar uma dica de série para vocês, que é The Handmaid’s Tale: assista. Pronto, essa era a minha dica de hoje, beijoss.

tenor

Ok, falando sério, esse realmente poderia ser o post, mas eu vou contar um pouquinho sobre o que se trata essa série, pra deixar vocês com vontade de assistir. Minha missão aqui é convencer todo mundo a assistir essa série, por que ela não é apenas maravilhosa, mas trata de assuntos muito polêmicos de um jeito que te deixa levemente apavorado.

A série apresenta uma realidade distópica onde a grande maioria das mulheres se tornam inférteis. Mesmo que várias consigam engravidar, poucos bebês nascem com vida. E qual é a melhor solução que eles acham para salvar o povo americano?

“Todas as mulheres férteis restantes devem ser coletadas e engravidadas, por aqueles de status superior, é claro.”

E é exatamente isso o que acontece. Todas as mulheres férteis são raptadas, passam por um treinamento severo, que está mais para uma lavagem cerebral, são torturadas, mutiladas, humilhadas, colocadas umas contra as outras, para no fim se mudarem para a casa de alguém “importante” e dar filhos àquela família. Todo mês, quando estão em seu período fértil, são estupradas pelo dono da casa, e isso se repete até engravidarem. Com uma “desculpa” bíblica, isso se torna aceitável entre as famílias nobres, e as esposas inférteis são obrigadas a engolir essa. Quem não concorda morre, simples assim.

3

Parece uma ideia absurda? Parece. Parece algo impossível de acontecer? Sim. Quanto mais a história se desenrola, mais ela nos convence de que não, não é impossível isso acontecer na vida real. Você começa a ligar os pontos, comparando acontecimentos da atualidade com os da série e percebe que esse pode ser sim o futuro da humanidade. Dá medo.

No seriado é contada a história de uma das poucas mulheres férteis restantes, como é a sua vida naquela realidade e como foi a transição da sua vida antes e depois do golpe. É o tipo de série que te surpreende mais a cada episódio. Coisas que para nós são absurdas e até inumanas fazem parte do dia-a-dia dessas pessoa.

Se isso não foi o suficiente para de convencer a parar tudo agora e ir assistir essa série, aqui vão alguns fatos:

premios

Por enquanto a série tem apenas uma temporada e não está disponível na Netflix. Eu procurei no google e assisti em um site on-line. A próxima temporada estreia dia 25 de abril na plataforma Hulu. Nem preciso dizer o quão ansiosa estou para os próximos episódios. Essa série foi baseada em um livro, “O conto da aia” de  Margaret Atwood, que eu ainda não tive a oportunidade de ler, mas pretendo!

b3391604-6540-49cb-a52c-bc84a17f52a7

Agora falando um pouco da parte mais técnica. Na minha visão leiga, que não entende muito de cinema, achei tudo impecável. A atriz Elisabeth Moss arrasou demais fazendo Offred, a protagonista. Sabe quando a pessoa finge que está feliz, finge que gosta dos outros, mas o fundo ela está odiando tudo aquilo? Eu não sei como, mas ela consegue passar exatamente esse sentimento. Além disso, a fotografia do seriado é muito  linda. Tudo é em tons pastéis e apagados, e isso dá um contraste incrível com o uniforme vermelho das aias. Acho que essa é a primeira série que eu estou amando cada detalhe, vamos torcer para a segunda temporada não nos decepcionar!

tumblr_opt6mpImb61r9a32bo1_500
“Eles nunca deveriam ter nos dado uniformes se não quisessem que fôssemos um exército”

Estou fazendo de tudo para as pessoas que eu conheço assistirem essa série incrível, então não podia deixar de vir falar dela no meu blog. Agora vou começar a revê-la com a minha família, pois eles ainda não assistiram. Se você já assistiu/assiste comenta aqui embaixo o que você achou, eu adoro conversar sobre isso! E se você ainda não assistiu, não perde tempo que é demais!!!

beijoslu

Escrito por

Estudante de Dança na UFRGS, 20 anos, bailarina clássica, geminiana. Gosto de ler, viajar, cozinhar (e comer), mas principalmente de FALAR sobre tudo isso e muito mais!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s